quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

E quase que eu me esqueci que o tempo não pára nem vai esperar....

Talvez esteja na hora de eu dobrar o joelho, rezar mais e reclamar menos....

Às vezes, em meio ao turbilhão de emoções, nos tornamos pessoas reclamonas e negativas.... e como a lei da atração universal é um fato, acabamos por atrair pra gente mais coisas ruins.....

Há muito que ando na corda bamba.... mas tenho recebido muitos sinais....

É um puxão de orelha para que eu não fuja do meu caminho, um puxão de orelha para que eu me volte mais para o meu lado espiritual, outro para que eu curta a minha solidão e o meu momento, para que eu me descubra e agora, o último para que eu agradeça mais por ser uma pessoa completa e com saúde....

Domingo eu e a Bisquit (meu palhaço) fomos fazer visita nas casas de doentes que não podiam se locomover até os hospitais e que eram, por isso, atendidos em domicílio....

Foi uma parceria com a prefeitura de mogi mirim (ADOT e o depto de saúde) e o Alegra, grupo do qual eu faço parte....

Fomos.... e em meio ãs 21 visitas feitas durante o domingo todo, alguns fatos me marcaram....

Primeiro montamos nossa escola de samba Unidos do Bambu, com nosso querido Belmiro como rei da bateria, rsrssr

Foi muito bom ver o sorriso no rosto das pessoas e o quanto eles ficaram felizes por se sentirem cuidados, por se verem lembrados e como o sorriso e esse tipo de visita muda o ambiente inteiro.....

Foram várias histórias de lutas, de superação e fé, muita fé.....

E disso eu tirei o quão pequenos nós somos pra viver o passado ou o futuro, deixando pra trás o que nos é mais precioso: o presente...

Perdemos tanto tempo com raiva, rancor, remorso, medos, tristezas que esquecemos o quanto essa vida é curta e o quanto temos a agradecer por ter saúde e por estarmos vivos....

A felicidade cabe à cada um de nós.... depende da forma como administramos as situações que a vida põe diante de nós, para que nos fortaleçamos....

Agora quero viver só o presente....

Se eu estou triste, fico com muinha tristeza, curto minha tristeza e tiro o máximo de lição dela, sabendo que amanha ela vai desaparecer...

E eu continuarei aqui, viva e feliz...

Não tenho mais medo de amar o próximo, de me doar, de ser feliz....

Agora é um momento de eu me fechar e refletir... mas na hora certa, tudo vai dar certo, pois se ainda não deu, é porque ainda não é o fim..... 

2 comentários:

  1. Ahhh Rei da bateria, obrigada!!! a Lica me disse que esse mes tem mais né?? OBA!

    ResponderExcluir