sábado, 19 de fevereiro de 2011

Alguma coisa acontece no meu coração...

É engraçado como a vida é cíclica né?

Não sei se o mundo é uma skol, mas que é redondo é... às vezes estamos por cima, às vezes ficamos por baixo e acho que tudo depende mais de como nos saímos da situação e damos a volta por cima do que da situação em si.....

Comecei a escrever pois, além de amar escrever poesias, de ler, assistir a filmes alternativos eu precisava de uma válvula de escape, pois tinha tomado uma rasteira tão grande que achei que nunca sairia dessa.... pra mim a vida tinha acabado naquele momento...

Mas hoje vejo que não, que na época sofri mais por ego do que por sentimento e, quando me dei conta disso fui ser feliz e deixei meu passado pra trás....

Eu comecei a fazer terapia,  me desapeguei de relacionamentos envelhecidos, deixei pra trás um enrosco de quatro anos e também cortei da minha vida as pessoas que nada me agregavam.....

Conheci muita gente interessante, fui voluntária no projeto dos palhaços no hospital daqui, fiz dois cursos de palhaço, um de improviso, procurei emprego, consegui O emprego, foquei mais nos concursos... e nesse período algo aconteceu....

Muitas pessoas me vêem como uma rocha, como se eu me recuperasse logo e não sofresse por relacionamento nenhum nem por ninguém... não sei de onde tiraram isso, mas enfim... eu confesso que relacionamento sério com intimidade e profundidade sempre me amedrontou, fugi algumas vezes até que encontrei aquela pessoa...

Sabe A pessoa que te completa? Que só de ligar deixa seu dia completo e feliz? Que você admira e fica pensando a pessoa de sorte que é por tê-la do lado.... alguém com senso de humor, inteligente, na mesma profissão que você e que compartilhava a mesma visão de mundo... ao menos era o que eu achava né?

Não tive dúvidas, baixei a guarda e entrei de cabeça.... claro que não pensava em casar amanhã, as coisas estavam indo e eu estava muito feliz... achei que ja tinha encontrado a pessoa que eu queria do meu lado no presente!!! Ele foi o meu presente mais precioso...

Mas de repente tudo acabou... e foi de repente mesmo.... e ele foi embora.....

Não sei se foi uma máscara que ele usou ou se foi uma fatalidade... tudo que eu sei é que nós tivemos uma segunda chance ele jogou isso fora....

Por muito tempo eu fiquei pensando o motivo, se era medo de relacionamento, mas cheguei a conclusão que ele se foi porque foi empolgação e ele não gostava de mim a ponto de namorar.....

Eu não procurei, afinal de contas, apesar de sentir falta dele, sou mais eu e prefiro sofrer tudo de uma vez do que em doses homeopáticas...

Mas hoje ainda penso se tudo que a gente passou foi uma mentira.... a gente tinha prometido que se acontesse alguma coisa a gente ia conversar um com o outro... e ele ficou pensando duas semanas antes de vir falar comigo para terminar, já decidido....

E ele já estava com o carnaval dele combinado....

Triste né???

Já passei pelo estágio da revolta, da negação e agora da aceitação... é a frase, o que puder fazer, faça; o que não puder fazer, aceite....

Talvez eu tenha perdido muito, mas nesse mundo individualista onde as pessoas (a maioria, não podemos generalizar, né?) só se preocupam consigo, ele perdeu muito mais.... não desejo o mal e desejo que ele seja feliz e que um dia se encontre e encontre alguem que o faça feliz.... 

Eu to aqui... ainda em pedaços, perdida, sem chão e tentando me refazer..... antes eu amava os finais de semana e agora não vejo a hora que eles passem muito rápido

Voltei a fazer tecido acrobático, programei meu carnaval, to lendo os irmãos karamazov e fiz uma lista com as coisas que eu quero fazer em 2011 e voltei a estudar.....

Agora é me fechar, prestar mais atenção em mim, eu me refazer e seguir em frente.... com a cabeça erguida....

E se eu tenho fé e se eu ainda acredito em amor?

SIM! Sempre... pois se eu não continuar acreditando eu perco minha essência.... eu sou humana, cheia de defeitos, imperfeições e muiiiitos sonhos!!!!!!

E essa música reflete muito o momento.....

Hollow Years

Dream Theater

He's just the kind of man
You hear about
Who leaves his family for
An easy out
They never saw the signs
He never said a word
He couldn't take another day

Carry me to the shoreline
Bury me in the sand
Walk me across the water
And maybe you'll understand

Once the stone
You're crawling under
Is lifted off your shoulders
Once the cloud that's raining
Over your head disappears
The noise that you'll hear
Is the crashing down of hollow years

She's not the kind of girl
You hear about
She'll never want another
She'll never be without
She'll give you all the signs
She'll tell you everything
Then turn around and walk away

Carry me to the shoreline
Bury me in the sand
(Into the waves)
Walk me across the water
And maybe you'll understand

Once the stone
You're crawling under
(Once the stone)
Is lifted off your shoulders
Once the cloud that's raining
Over your head disappears
The noise that you'll hear
Is the crashing down of hollow years

Carry me to the shoreline
Bury me in the sand
(Into the waves)
Walk me across the water
And maybe you'll understand

Once the stone
You're crawling under
Is lifted off your shoulders
Once the cloud that's raining
Over your head disappears
The noise that you'll hear
Is the crashing down of hollow years

2 comentários:

  1. q que triste... :/ pensei que ia ver algo mais alegrinho do CA!!! Pode parar!!!!

    ResponderExcluir